segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Estranha




Não entendo, como é tão fácil nascer, mas fica tão difícil conviver depois de um tempo com as regras mais idiotas de boas maneiras da sociedade, ser julgada só porque quer fazer o que lhe faz bem, é meio estranho não?
Quando é hora de fazer o que lhe é imposto, já esta livre para você seguir com sua vida do mesmo jeito que antes estava.
Adoraria pegar minha nave e sair deste mundinho estranho eu não devo pertencer a esse mundo não, é tão mesquinho e egoísta sujo e desprezível, quero suar a camisa para ser eu mesma e não uma simples cópia.
Se alguém sabe me explicar esse mundinho, peço ajuda URGENTE!

2 comentários:

Nalim disse...

Amiga, na sua nave tem vaga pra mais uma??? Me leve com vc... adorei!!!!

NANDITA CAYMMI disse...

Priminha... o mundo é cruel realmente! Como diz Raulzito: "pare o mundo que eu quero descer.""
Como diz Eduardo - nosso primo - Brandão: "Esse mundo tá barril. Vou vazar, man."".
É tudo muito complicado e perverso, mas a melhor nave que existe é a nossa palavra.
Faça a sua parte, pois quando voce está trsite, ninguém sofre nem com , nem por voce. Quando está feliz. As pessoas podem até achar legal, mas nao sabem a grandeza do seu sentimento. Então viva a SUA vida! Mude o mundo com ideias, ideologias e seus pensamentos.
Te amo!
Nandita
www.nanditacaymmi.blogspot.com

Extravasa por aqui.